NOCAUTE

Wednesday, December 2, 2009

SENHORES
Com o último exemplar da última edição da Folha Universal, aguçada como frecha, em riste na mão direita, o fiel investe – ele adora esse verbo – em minha direção e, sem saída, pois a calçada é estreita e o trânsito mortífero, reajo à altura. Engrenamos uma charla que reproduzo a seguir, um tanto enfeitada decerto, mas justificadamente pois estamos às portas do Natal.

- Jesus Cristo é o Senhor!
- Para com isso, amigo, pois sou apenas um cidadão latinoamericano sem dinheiro no banco nem parentes importantes.
- O senhor não me entendeu.
- Claro que sim, você afirma que eu sou Jesus Cristo.
- Jesus Cristo é o Senhor, trata-se de lema da igreja.
- Sua igreja enfrenta algum dilema?
- Senhor, não se faça de engraçado, eu falei dê lema.
- Se deseja que eu forneça um lema para sua fé, vai ter que desembolsar uns trocados.
- O senhor parece um homem inteligente.
- Evidentemente, afinal, vosso lume reconhece que sou Jesus Cristo, um dos humanos mais sábios dos que já foram crucificados em nossa redonda habitação.
- Muito bem, já que o senhor insiste nessa brincadeira, passe bem.
- Soa-me como se tivesse algum plano para mim?
- Minha idéia era convidá-lo a entrar e conhecer a casa do Senhor.
- Já conheço.
- Freqüentou nossa igreja antes?
- Refiro-me à minha residência, pois ninguém melhor do que eu a conhece desde os primeiros tijolos.
- O senhor construiu seu próprio lar?
- Claro que não.
- Mas acabou de afirmar isso.
- Pensei que estivesse se referindo ao outro Senhor.
- E se fosse, estaria cometendo um equívoco? Por acaso, a mão do Senhor não esteve presente quando o senhor edificou a obra?
- Você acaba de colocar uma pulga atrás da minha orelha.
- O senhor reconhece que o Senhor onipotente e onipresente...
- Espere um pouco, estamos falando do Pai ou do Filho?
- Pouco importa se evocamos o Pai, Filho ou Espírito Santo, a unidade é parte do mistério divino, creia, senhor.
- Assino embaixo, mas aquela pulga acendeu uma luz no meu cérebro.
- Um mísero inseto, capaz de transmitir a peste bubônica, pode nos indicar o plano do Senhor no caminho da salvação.
- Concordo, quase arrependido da minha atitude.
- Começa, portanto, a reconhecer a sagrada verdade?
- Maldita pulga. Na construção da casa, despedi um ajudante de pedreiro chamado Jesus, filho de carpinteiro, por excessos com a moça-branca. Será que?

Leia mais ...

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP